Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw

Desde que se conheceram, Luke Hobbs (Dwayne Johnson) e Deckard Shaw (Jason Statham) constantemente bateram de frente, não só por inicialmente estarem em lados opostos mas, especialmente, pela personalidade de cada um. Agora, a dupla precisa unir forças para enfrentar Brixton (Idris Elba), um homem alterado geneticamente que deseja obter um vírus mortal para pôr em andamento um plano que mataria milhões de pessoas em nome de uma suposta evolução da humanidade. Para tanto eles contam com a ajuda de Hattie (Vanessa Kirby), irmã de Shaw, que é também agente do MI6, o serviço secreto britânico.
★★★★★

O filme tem boas cenas de ação, o que já é de se esperar quando falamos da franquia Velozes e Furiosos, no entanto, conta com pouquíssimas cenas de corrida, algo que não faz justiça ao nome e o que levou a franquia a se tornar um sucesso em todo o mundo. Com ótimas atuações de The Rock e Jason Statham, o filme se aprofunda na irmã de Shaw, assim como na vida de Hoobs, que conhece seu irmão em Samoa. Velozes e Furiosos não é um filme chato, mas sem Vin Diesel, tudo fica um pouco fora da curva e mais entendiante. O filme em certo momento parece estar se arrastando pois repete vários momentos e confrontos entre os mesmos indivíduos.

O longa conta com cenas mirabolantes, algo que já estamos acostumamos, mas neste filme, ainda mais. Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw está longe de ser ruim, mas certamente está entre os piores filmes da franquia. Vale a pena ser assistido para quem é fã e quer entender o restante da franquia, mas está longe de ser um grande filme.

Tipo: Filme

Título: Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw

Gênero: Ação

Duração: 2h 17min

Lançamento: 01/08/2019

Direção: David Leitch

Elenco: Dwayne Johnson, Jason Statham e Idris Elba

Distribuição: Universal Studios

Mostrar comentários